quinta-feira

Poema Simples V

hai kai avermelhoso

cor longa às folhas
as que o verão não queima
o outono doura

12 comentários:

Victor Meira disse...

Tô me amarrando nos poemetos, nego. Tô gostando mesmo. A escolha das palavras têm sido de muita sensibilidade.

Legal isso.
Esse é o que eu mais gostei até agora.

Caco Pontes disse...

"roça beira doura areia"

Lucas Vallim disse...

Gostei do jogo de palavras, muito bem feito! Simples e bonito!

até logo,
lucasvallim.blogspot.com

tomazmusso disse...

mano!! absurdo esses poemas simples , demais!

Rosa disse...

cores e palavras unidas, deram o tom perfeito, para esse profundo escrito.

Guto Leite disse...

que poema vivo, parceiro! beleza!

Rachel Souza disse...

Buniteza sô!

diogo henriqueS disse...

Site tá legal cara... inspirado.

poetrilhas disse...

Poemeto nada
Um puta poema

Heyk haikailizado pelo sr. bananeira

Cara tem um olho vivo
procurando por ti
lá nos poetrilhas!

Priscila Milanez disse...

Tão bonito, Heyk...gosto de ler as imagens e sentir com os olhos...

beijo, menino

Priscila Milanez disse...

vê se dá o ar da graça, nego... bjo

Renata de Aragão Lopes disse...

Um dos mais belos que já vi!

crédito do desenho no cabeçalho: dos meses duro, nanquim sobre papel, 2010 Philippe Bacana